Para a diretora da Escola Estadual Professora Maria da Conceição Costa, Eliane Ribeiro da Costa, localizada em São Paulo (SP), a implantação do projeto de horta escolar tornou os estudantes mais comprometidos e responsáveis. “Os alunos sentem que este espaço é deles e que necessita deles para continuar”, destaca. O envolvimento com a tarefa de cuidar do espaço também proporcionou uma melhora no comportamento dos jovens. “Eles não estão presos a uma carteira, eles sabem que têm liberdade de ir e vir”, conclui.

Os alimentos produzidos pela horta são usados na merenda escolar e também doados aos alunos. A diretora conta ainda que não precisou dispor do orçamento para elaborar o projeto já que a ONG Cidades Sem Fome montou, orientou os educadores e hoje mantém a horta dentro da escola. Veja no programa e inspire sua escola!

Assista outros programas do NET Educação:
Hortas escolares: os aprendizados além da alimentação saudável
Assembleias escolares permitem experimentação democrática e aprendizados
Após um ano sem Içami Tiba, filhos relembram vida e obra do pai
Valorizar as relações é importante para a educação, dizia Içami Tiba
O Estado é laico, as escolas também devem ser?
Para evitar proselitismo, temas religiosos devem ser tratados com cautela na escola

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Contação de histórias ajuda a ensinar cultura africana na escola

Como implementar a lei do ensino de história e cultura afro-brasileira e indígena nas escolas?

Qual o papel da escola no combate à violência contra crianças?

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.