O ensino de artes no ambiente escolar evoluiu ao longo dos anos. Atualmente, os documentos curriculares propõem o ensino da disciplina a partir da experimentação de diferentes linguagens articulada com cultura e com os conhecimentos dos alunos. A professora de pós-graduação do curso de pedagogia da Universidade Mackenzie, Mirian Celeste Martins, ainda lembra da importância da abordagem triangular.

Baseado em três eixos interligados, o de produção (fazer e desenvolver um percurso de criação), apreciação (interpretar obras artísticas) e reflexão sobre a arte (contextualizar e pesquisar), o sistema conhecido como abordagem triangular foi idealizado pela educadora Ana Mae Barbosa.

“São palavras proibidas em arte: certo e errado, bonito e feio, é ou não é. Porque as coisas podem ser”, pontua Martins em entrevista. Também, ela ressalta que se pode trazer inúmeros artistas diferentes para dialogar no processo de aprendizagem dos alunos, não apenas trabalhar com um único.

Deixe um comentário

Please Login to comment

Talvez Você Também Goste

Como levar conceitos da geopolítica para os alunos do ensino médio?

Lei que prevê psicólogos na escola pode sobrecarregar a instituição, avalia pesquisador

Para melhorar a convivência escolar, professores têm formação em Sumaré

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.