Final de ano é tempo de fechamentos, avaliações e de descobrir novos caminhos para o ano que está por vir. A consultora pedagógica da Maple Bear Brasil, Renata Chaves, lista seis dicas para aproveitar o recesso escolar e se preparar para o próximo ano letivo. Confira abaixo!

1 – Explore diferentes ambientes virtuais e portais
“Eles ajudam a encher a cabeça de novas ideias e auxiliam a montar uma boa aula”, sugere Renata.  Experimente navegar por ambientes como Edudemic, Teachertube.com, Youtube Educação, além de sites de games educativos e do próprio portal NET Educação. “As tecnologias educacionais já fazem parte da vida dos nossos alunos, nativos digitais. Dedique um tempo para incorporar algumas práticas digitais e aprender a utilizar diferentes recursos”, recomenda.

2 – Descubra o que estão fazendo na educação ao redor do mundo
Há várias propostas inovadoras e de qualidade sendo experimentadas por educadores e comunidades educativas. “O site Porvir traz matérias diárias sobre tendências e inovações no Brasil e no mundo e experiências educativas da Austrália, Estados Unidos, Finlândia entre outros países”, destaca Renata. “É muito interessante ver como novos ambientes de aprendizagem estão sendo desenhados e desenvolvidos para atender às demandas atuais”, complementa.

3 – Assista as conferências produzidas pela TED

Como a própria organização diz: são ideias que merecem ser disseminadas. “Em particular ouça Ken Robinson que afirma que professores orientam, estimulam, provocam, engajam seus alunos, não apenas transmitem informações", afirma a educadora.

4 – Organize-se para iniciar um novo curso

Vale uma pós-graduação ou realizar workshops em 2016. “O contato com outros educadores, o hábito do estudo e da investigação são necessários, pois nunca estamos acabados, completos, mas constantemente em formação. Formação continuada é fundamental”, assinala. 

 
5 – Leia, pesquise e conheça os textos preliminares da Base Nacional Comum Curricular 
Participe com sugestões e contribuições sobre sua área de atuação. Ajude a construir os conhecimentos e habilidade que todos os estudantes têm o direito ao acesso. Escolas públicas e privadas, professores, organizações da sociedade civil e cidadãos podem continuar contribuindo por meio d econsulta pública até 15 de março de 2016.
 
6 – Estabeleça metas para o próximo ano.
“Vivemos num tempo de excesso de informações, falta de tempo e incertezas. Precisamos definir o que é realmente importante e valioso. Menos quantidade, mais qualidade. Menos superficialidade, mais profundidade naquilo que elegemos alcançar”, finaliza.  
 
Veja mais:
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Talvez Você Também Goste

Como ensinar ginástica na educação física escolar?

Professoras indicam 8 possibilidades para desenvolver com alunos do ensino fundamental

11 formas de acolher o aluno com síndrome de Tourette

Ambiente inclusivo evita que estudantes sofram com bullying e dificuldades de aprendizagem

16 jogos de mão para apresentar às crianças na escola

Educadora indica brincadeiras para trabalhar rimas e musicalidade com os alunos

Receba NossasNovidades

Receba NossasNovidades

Assine gratuitamente a nossa newsletter e receba todas as novidades sobre os projetos e ações do Instituto Claro.