Instituto NET Claro Embratel

Instituto NET Claro Embratel, Plataforrma voltada a educar para empreender

Home Reportagens Especiais

Prêmio Instituto Claro reconhece 4 iniciativas que fazem das TICs instrumentos para o desenvolvimento social

icon_twitter


02 DEZEMBRO 2011
Entender as possibilidades das TICs (tecnologias da informação e da comunicação) para, por meio delas, buscar impactar positivamente diferentes áreas da sociedade. Ao longo de todo o ano, o Instituto Claro discutiu nas plataformas digitais a cultura digital e suas ferramentas, destacando projetos com foco na educação e, consequentemente, no desenvolvimento humano. Nesta reta final de 2011, a 3ª edição do Prêmio Instituto Claro reconhece quatro iniciativas empreendedoras que utilizam o potencial deste mundo digital para enfrentar desafios do mundo presencial, como o de tornar a aprendizagem mais interessante e efetiva. São três vencedores na categoria “Inovar na Escola” e um premiado na categoria “Inovar na Comunidade” (confira infográfico abaixo).

“Foram muitos projetos bons inscritos, mas o nosso olhar foi voltado para aqueles em que estava claro que a tecnologia poderia sensibilizar, resolver questões ou encontrar soluções”, explica Paula Carolei, líder da comissão julgadora. Como formadora de educadores para as TICs, Paula sempre ressalta a importância de pensar os recursos digitais como instrumentos que fazem parte de um processo mais amplo, em que mudanças, transformações e melhoras na aprendizagem são resultado de ações integradas e articuladas.

Leandro Bevilacqua


Para Fernando Fonseca, membro da comissão técnica do Prêmio para a categoria “Inovar na Comunidade”, os trabalhos que avançaram na seleção se diferenciaram principalmente devido aos diversos usos dado às tecnologias. Ele considera a mobilidade um dos destaques desta edição, pois foi percebida a presença de dispositivos como celulares e tablets em diversos deles.

Como destaca Paula Carolei, a lógica mobile, porém, ainda tem muito a amadurecer em projetos sociais com foco na educação ou mesmo em outras áreas, mas iniciativas como Prêmio Instituto Claro conseguem incentivar este amadurecimento, uma vez que servem de estímulo para que educadores e empreendedores em geral pensem nos usos e nas aplicações dos dispositivos. Heloísa Arruda, também integrante da comissão, mas na categoria “Inovar na Escola”, avalia que iniciativas como essa são necessárias porque, como fornecem apoio financeiro, fomentam não apenas a teoria da tecnologia na educação, mas também a sua prática.

Acompanhe também nossa página no Facebook.

Leia mais sobre a terceira edição do Prêmio Instituto Claro.


t_compartilhe

t_deixe_comentario2

Quero receber notícias do
Instituto
Blog
Projetos